sábado, 28 de março de 2009

Hora do Planeta

O WWF-Brasil participa pela primeira vez da Hora do Planeta, um ato simbólico, que será realizado hoje, dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.
Junte-se a este movimento de alerta contra o aquecimento global. Hoje, das 20h30 às 21h30, apague as luzes de sua sala.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Carta do leitor / QUAL AUTORIDADE?

Imbuído de qual autoridade, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, excomunga um médico e os pais de uma menina de nove anos, grávida de gêmeos, que precisou abortar sob risco de perder a vida? A menina vinha sendo violentada desde os seis anos pelo padrasto. Não é motivo suficiente para abortar? Protegida pela lei, então, ela submeteu-se à cirurgia. Aí o arcebispo, na sua infinita grandeza de sentimento, disse que as leis não valem nada, tão-somente as de Deus. Que leis são essas, afinal? E que Deus é esse que permite que uma criança seja brutalmente estuprada, desde os seis anos? E onde estava o arcebispo que não ouviu os gritos da menina violentada? Já sei, guardando o ouro, pregando no deserto.


Se ele é mesmo tão criterioso, por que não começa a excomungar todos os pedófilos da igreja, os padres corruptos, a freiras más... Limpando a própria casa, talvez tenha moral e autoridade suficientes para ‘tosquiar’ tais ovelhas desgarradas, ora tá! Ah, sim, parece que nessas horas a igreja fecha os olhos com o tapa-olho de burro da justiça, da justiça dos homens, claro: sem equilíbrio e sem emoção.

Um abraço,
Achel Tinoco

Veja mais sobre o aborto no Blog de Achel clickando aqui

Carta da leitora / UM ALENTO

Foi um alento abrir o jornal e encontrar o seu artigo "Aborto não é pecado". Não tenha dúvida de que muitas mulheres, que são todo o tempo bombardeadas com o estigma do ""pecado" e da "culpa" terão o mesmo sentimento que eu, que já sou calejada e há tempos deixei de acreditar em qualquer igreja, certamente por conta dessa mentalidade medieval que teima em defender - em nome da preservação não se sabe do quê (porque da vida e da dignidade humanas está mais que provado que não é, e o caso da menina de Alagoinha está aí para provar até que ponto chega essa igreja) defendem o que há de mais anacrônico, contrário aos mais elementares direitos, como por exemplo o uso de preservativos, o aborto - até de fetos anencéfalos - a pílula do dia seguinte, são contra as pesquisas com células-tronco e pela indissolubilidade do casamento (foram contra a aprovação do divórcio, que tramitou 40 anos no Parlamento até ser aprovado) etc. Sugiro uma enquete e uma campanha: Você acredita em alguém que lhe fala em nome de Deus????
Maria Helena Souza - Salvador

Carta da leitora / PRÓ-VIDA PLENA DAS MULHERES

"Aborto não é pecado" e nenhuma mulher deve ser presa, maltratada ou humilhada por ter feito aborto. Esse é o lema das mulheres que defendem a legalização do aborto no Brasil e ousam falar sobre a hipocrisia da sociedade em que vivemos. Sua voz amplifica as nossas, uma vez que a imprensa ouve os pró-morte real e simbólica das mulheres mas não ouve as pró-vida plena das mulheres.
Abraços solidários,
Lilian Marinho
P.S. As perguntas do video abaixo são utilizadas com fequencia no ativismo político e nas vigílias que fazemos na Estação da Lapa. Você conhece?O video abaixo


Epístola do leitor / O EXEGETA

Recebi a seguinte epístola de Joston Darwin Borges se referindo a meu artigo Aborto não é pecado, que transcrevo literalmente, sem interpretações. Devo confessar que gostei do estilo; direto ao assunto, sem meu caro Simanca ou prezado Osmani e um grand finale em latim:

Foi Voltaire que lançou a moda , há mais de 250 anos. Como adquirir fama instantânia, o aplauso unânime das rodas mundanas e ainda boas patacas, além de uma aura de grande artista, ou pensador dotado de espírito agudo e destemido, com pouco ou nenhum esforço?
É muito fácil. Basta atirar lama na Igreja Católica. A fórmula nunca falha, embora já repetida milhares de vezes, com entediante monotonia, em todos os países do Ocidente, precisamente àqueles que devem sua fundação cultural à mesma Igreja Católica.

"Simanca,Simanca, por que me persegues?"( At. IX,4)
O senhor ia bem, até querer pousar de grande "exegeta bíblico". Além de chargista(não duvido do seu talento), mas daí exegeta bíblico!? E ainda cita São Tomás!?
Meu Deus!
O Senhor é São Pedro? O senhor é papa? Saiba que São Pedro disse:

" Nenhuma profecia desta escritura é de interpretação pessoal"(II S. Pedro, I,20)
Ponha-se no seu lugar seu Osmani Simanca. Vê se "simanca".
Ponha sua lança atrevida e blafema no chão seu Simanca e escute:
" Foi-me dirigida nestes termos a palavra do Senhor:
Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia;
antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado,
e te havia designado profeta das nações. ( Jer. I,5)

Você leu essa passagem?
Duvido. Você só leu o que lhe era conveniente para defender "seu ponto de vista". Em tempos de verdade relativa é assim. O que você "acha" é a verdade.

O herege é aquele que separa, separa os versículos que lhe são aparentemente favoráveis e desprezam o restante que contradita suas idéias. Leia (SL 138) ; (SL 139) ; (Ecle 8,8) ; (Jò 10. 8-12) ; (Jer 1,15) (SL 71,6);(SL 22.10-11).

Meu caro, uma polêmica é uma forma de duelo. É o adversário que escolhe as armas.Caso ele discuta educadamente, respondo no mesmo tom. Caso ele seja ofensivo, devolvo-lhe golpe por golpe. Prefiro o duelo a florete por ser mais elegante e fino. Mas se meu adversário me ataca com tacape, sou constrangido a usar tacape.

" À la guerre comme à la guerre".
" Ecrasez l'' infâme( Esmagai a infame)era o lema de Voltaire contra a Igreja. Pois bem, Voltaire passou - há mais de dois séculos - e a Igreja continua e permanecerá!
E seu Simanca, o "grande exegeta bíblico?
Ah seu Simanca, " tenho muitas coisas para te escrever, mas não quero fazê-lo com tinta e pena. Espero ir ver-te em breve e então falaremos de viva voz. (Segunda epístola de S. João).
In corde Jesu et Mariae.


Obrigado Joston, muito boa a tua sátira da Idade Média. Rapaz, eu não pretendo ser un exegeta, mas você é um grande humorista e ainda evoluíndo! Parabéns Darwin!!!
Você conhece essa frase do poeta alemão Heinrich Heine?
Perseguir a quem não pensa igual a nós, esse tem sido, em toda parte, o privilégio dos religiosos.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Aborto não é pecado

O arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, sem dúvida passará à história com esta infame máxima: “O aborto é mais grave que o estupro.”
Numa atitude arrogante, o bispo recomenda ao presidente da República “Lula deveria procurar assessoria teológica para falar com mais propriedade sobre o tema do aborto”. Vejamos que diz a Bíblia Hebraica (Velho Testamento) sobre o aborto: “Quando brigarem homens, e ferirem a uma mulher grávida e saírem suas crianças, e não houver desastre (de morte na mulher), será multado (o culpado) se lhe reclamar o marido da mulher, e pagará (pelo aborto) como os juízes determinarem. E se houver desastre (de morte da mulher),darás alma por alma, olho por olho, dente por dente”(…) Êxodo (21: 22,23,24). “E se no campo achar o homem a moça desposada, e o homem a forçar a se deitar com ela, então morrerá somente o homem que se deitou com ela. Mas à moça não farás nada; a moça não tem pecado de morte”(…) Deuteronômio (22: 25,26). Para o autor da Lei de Moisés, o mais importante é a vida da mulher. É lamentável que nossa legislação não encontrou inspiração na lei divina para punir estupradores e pedófilos.
O feto não é considerado um ser humano, pelo menos até o segundo mês da gravidez. Segundo Santo Tomás de Aquino resumido por Umberto Eco, “Deus introduz o alma racional só quando o feto é um corpo já formado; do que se segue que, após o Julgamento Universal, quando os corpos dos mortos ressuscitem, em dita ressurreição os embriões não participam, já que neles Deus nunca infundiu a alma racional”.
Em um artigo do jornal, “L´Osservatore Romano”, monsenhor Rino Fisichella disse que os médicos “não mereciam a excomunhão”, contrariando o próprio direito penal canônico e a CNBB que apoiu o bispo Sobrinho. Evidentemente, monsenhor Fisichella não deve estar muito preocupado com a questão do aborto; sua inquietação está centrada mais na sobrevivência da sua secular instituição “infelizmente a credibilidade de nosso ensinamento está em risco, pois parece insensível e sem misericórdia”
O Vaticano é contra a pesquisa com embriões, contra a camisinha, contra a pílula, contra o aborto, emfim uma obsessão com tudo o que tenha a ver com a sexualidade humana e a reprodução. No ano passado, o supracitado bispo, entrou na Justiça para impedir a distribuição da pílula do dia seguinte em Pernambuco.
A Arquidiocese excomungou a mãe da criança e os médicos. Agora, segue o preceito de “não matarás” e pretende acionar a Justiça contra a mãe da criança ou o hospital. Bento XVI disse na África (onde a epidemia da Aids atinge proporções catastróficas) "não usarás preservativo!". Portanto disse "matarás!". As Escrituras podem ser interpretadas como uma lenda, literalmente ou de uma maneira alegórica. Guiar-se por um livro contraditório, escrito há mais de dois mil anos, sem aprecia-lo dentro de seu contexto histórico, é um delírio.

Osmani Simanca
Jornal A Tarde
20/03/2009


Vídeo: "O Grande Inquisidor"
( Os irmãos Karamazov )
de Fiódor Mikhailovich Dostoiévski

Reserva Raposa Serra do Sol

terça-feira, 17 de março de 2009

Os agentes da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) continuam em greve nesta terça-feira, 17. Segundo a Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (Astram), a paralisação, iniciada nesta segunda-feira, 16, atinge 70% dos 1.600 funcionários do órgão, que trabalham nos setores de trânsito, transporte e administrativo em toda a capital baiana. Leia mais...

segunda-feira, 9 de março de 2009